Economia

Projeto torna o gás mais barato, dizem revendedores

08/12/2010 - 13:43  

O presidente da Associação Brasileira dos Revendedores de Gás Liquefeito de Petróleo (Asmirg), Alexandre Borjaili, defendeu há pouco o projeto que permite a recarga dos botijões de gás de cozinha nas revendas. Ele acredita que a proposta ampliaria o acesso e facilitaria também a compra de acordo a necessidade dos consumidores. Borjaili participa de audiência pública da Comissão de Defesa do Consumidor para debater o projeto. 

O autor da proposta, deputado José Carlos Machado (PFL-SE), reconheceu a dificuldade de aprovação do texto original, em razão dos argumentos apresentados por transportadores e revendedores de gás em relação à segurança dos botijões.

O deputado chamou a atenção, no entanto, para a necessidade de que algo seja feito para facilitar o acesso de consumidores de baixa renda ao gás de cozinha. "Precisamos pensar no cidadão que só tem R$ 38 para comprar um botijão que custa R$ 40", disse.

Ele sugeriu que fosse dada mais atenção para o voto em separadoEspécie de manifestação alternativa ao voto do relator em uma comissão, podendo ser apresentado por qualquer dos demais integrantes. apresentado pelo deputado Luiz Paulo Vellozo Lucas (PSDB-ES), no qual ele propõe a ampliação de investimentos e pesquisas que incentivem novas tecnologias para botijões que permitam a sua recarga, total ou parcial. Segundo Machado, a alternativa proposta no voto em separado seria um caminho viável também para promover alterações na regulamentação do setor. Com isso, seria possível aumentar a livre concorrência e incentivar o desenvolvimento de soluções mais adequadas para eliminar ou reduzir o resíduo pago e não utilizado pelo consumidor que caracteriza o sistema atual.

A audiência prossegue no plenário 8.

Continue acompanhando a cobertura deste evento

Reportagem – Murilo Souza
Edição – Wilson Silveira

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.


Sua opinião sobre: PL 6618/2006

Íntegra da proposta