Política e Administração Pública

Refinaria de Pasadena deve lucrar US$ 150 milhões em 2014, afirma Cerveró

10/09/2014 - 16:01  

Gustavo Lima/Câmara
Depoimento do ex-diretor da área internacional da Petrobras, Nestor Cerveró
Nestor Cerveró: "Essa informação é importante, pois foi amplamente divulgado que a refinaria era sucateada".

Um dos articuladores da compra da refinaria de Pasadena (EUA), o ex-diretor da área internacional da Petrobras Nestor Cerveró afirmou que a unidade industrial tem operado em sua capacidade máxima há quase dois anos, fechou o primeiro semestre com lucro líquido de 80 milhões de dólares e deve chegar ao fim de 2014 com lucro de, pelo menos, 150 milhões de dólares.

“O cenário é altamente favorável para que o desempenho de 2014 se repita nos próximos anos. Essa informação é importante, pois foi amplamente divulgado que a refinaria era sucateada”, afirmou Cerveró, que presta depoimento neste momento na Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) da Petrobras.

A CPMI investiga os prejuízos sofridos pela Petrobras relacionados à compra da refinaria de Pasadena. Em 2006, a Petrobras teria desembolsado 360 milhões de dólares por 50% da refinaria. A empresa belga Astra Oil detinha os outros 50%.

Dois anos depois, no entanto, a Petrobras e a Astra Oil se desentenderam e uma decisão judicial obrigou a petrolífera brasileira a comprar a outra metade que pertencia à companhia belga. Com isso, a aquisição do complexo acabou custando 1,2 bilhão de dólares à petroleira nacional, incluindo gastos extras com juros e custas judiciais.

Depoimento da semana que vem
Ao abrir a reunião de hoje, o presidente da CPMI, senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), informou aos parlamentares que já solicitou à Justiça Federal que viabilize a condução coercitiva do ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa ao Congresso na próxima quarta-feira (17), às 14 horas.

Costa foi preso na operação Lava Jato, da Polícia Federal, e fez acordo de delação premiada em que teria citado 31 parlamentares e outras autoridades que estariam envolvidas com desvio de recursos da Petrobras, segundo reportagem da revista Veja desta semana.

A reunião de hoje da CPMI da Petrobras ocorre no plenário 2 da ala Nilo Coelho, no Senado.

Continue acompanhando a cobertura desta reunião.

Assista ao vivo.

Da Redação – PT
Com informações da Agência Senado

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.