Direitos Humanos

Projeto proíbe mineração e aproveitamento energético em terra indígena

Deputado defende que a exploração econômica fique a cargo exclusivamente da população indígena

17/03/2023 - 14:01  

Pablo Valadares/Câmara dos Deputados
Deputado Ricardo Ayres fala ao microfone. Ele é claro, tem cabelo escuro e veste um terno azul-marinho
O autor da proposta, deputado Ricardo Ayres

O Projeto de Lei 278/23 proíbe a lavra de recursos minerais e o aproveitamento do potencial energético de recursos hídricos em terras indígenas. O texto tramita na Câmara dos Deputados.

A proposta é do deputado Ricardo Ayres (Republicanos-TO). Pelo projeto, as terras indígenas incluem as já demarcadas, em processo de demarcação e as que possuem registro de comunidades isoladas.

Ayres afirma que a medida visa resguardar os povos indígenas da presença do garimpo. Ele lembrou a recente situação dos Yanomami, em Roraima, que passam por uma grave crise humanitária e sanitária que ganhou repercussão internacional.

“As denúncias de abusos são as mais variadas. Contudo, todas aparentam trazer um vetor em comum: a presença deletéria do garimpo naquela terra indígena, constitucionalmente destinada ao usufruto exclusivo de seu povo originário”, disse Ayres.

Para o deputado, a exploração econômica deve ficar a cargo exclusivamente da população indígena. “Deve ser respeitada a sua autonomia, e os lucros, os ganhos dali provenientes devem ser geridos autonomamente pela população indígena”, concluiu.

Tramitação
O projeto será despachado para análise das comissões da Câmara.

Reportagem – Janary Júnior
Edição – Natalia Doederlein

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.


Sua opinião sobre: PL 278/2023

Íntegra da proposta