Saúde

Proposta estipula prazo para compra de medicamentos

05/02/2019 - 14:47  

Vinicius Loures/Câmara dos Deputados
Reunião ordinária. Dep. Clarissa Garotinho (PROS - RJ)
Deputada Clarissa Garotinho: "Não é incomum recebermos notícias de que são encontrados remédios com a data de validade vencida em unidades de saúde"

O Projeto de Lei 10951/18 proíbe o governo federal de comprar medicamentos e vacinas que tenham ultrapassado, respectivamente, 20% e 25% do seu prazo de validade.

Segundo a autora, deputada Clarissa Garotinho (Pros-RJ), um medicamento tem prazo de validade de 100 dias e o governo federal só vai receber este medicamento com no máximo 20 dias de fabricação, com apenas 80 dias para distribuir o remédio para população.

“Não é incomum recebermos notícias de que são encontrados remédios com a data de validade vencida em unidades de saúde. Isso é um absurdo, principalmente num país onde falta medicamento para atender a população. Sem falar no dinheiro público que é desperdiçado”, explica Clarice Garotinho.

Tramitação
O projeto, que tramita conclusivamente, será analisado pelas comissões de Seguridade Social e Família; Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Reportagem – Luiz Gustavo Xavier
Edição – Roberto Seabra

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.


Íntegra da proposta