Política e Administração Pública

Lider do governo defende decisão do presidente em exercício da Câmara

09/05/2016 - 13:25  

O líder do governo, deputado José Guimarães (PT-CE), negou que a decisão do presidente em exercício da Câmara dos Deputados, Waldir Maranhão (PP-MA), tenha sido intempestiva. Maranhã anulou a sessão de votação do impeachment da presidente Dilma Rousseff. 

“Foi uma decisão a bem da legalidade e da democracia brasileira”, disse Guimarães. Para ele, é preciso que o processo volte a Câmara e siga a lei.

Maranhão vai dar uma entrevista coletiva às 16 horas, no salão Verde.

Leia a íntegra da nota de Maranhão.

Mais informações a seguir.

Reportagem - Luiz Gustavo Xavier
Edição - Natália Doederlein

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.