Política e Administração Pública

Líder do governo critica alteração em direito de transmissão das Olimpíadas

24/02/2016 - 18:38  

Assista ao vivo à sessão do Plenário

O líder do governo, deputado José Guimarães (PT-CE), criticou há pouco algumas das mudanças feitas pelo relator, deputado Indio da Costa (PSD-RJ), no texto do Projeto de Lei 3221/15, que contém medidas para implementar os compromissos assumidos pelo governo federal perante o Comitê Olímpico Internacional (COI) e o Comitê Paralímpico Internacional (IPC).

Um dos pontos destacados por Guimarães diz respeito à cessão de imagens a emissoras de TV que não pagaram pelo direto de transmissão dos jogos. Ele afirma que Costa restringiu a possibilidade de essas emissoras divulgarem os eventos esportivos.

“O projeto original definiu que o canal que detém o direito de imagem deveria ceder até 6 minutos de cada modalidade esportiva para as demais emissoras. A emenda do relator, no entanto, definiu a cessão de 18 minutos de todo o dia”, disse.

Segundo o líder do governo, não é possível votar um projeto para “beneficiar ou restringir direitos de A ou B”. “Não quero tirar direito de quem comprou e fez investimentos, mas temos que democratizar minimamente, senão vai só para uma emissora”, completou.

Mais informações a seguir

Reportagem – Murilo Souza
Edição – Pierre Triboli

Tempo real:

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.


Sua opinião sobre: PL 3221/2015

Íntegra da proposta