Educação, cultura e esportes

Comissão aprova prioridade para projeto cultural que promova combate à violência contra mulher

Texto insere prioridade na Lei Rouanet, que institui o Programa Nacional de Apoio à Cultura

28/11/2022 - 09:45  

Billy Boss/Câmara dos Deputados
Deputada Tereza Nelma fala ao microfone. Ela é branca e usa uma camisa com quadrados roda, azul e bege
Tereza Nelma recomendou a aprovação da proposta

A Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Câmara dos Deputados aprovou projeto de lei prevendo prioridade ao apoio a projetos culturais que promovam a prevenção e o combate à violência contra a mulher.

De autoria do deputado Bosco Costa (PL-SE), o Projeto de Lei 5416/19 insere dispositivo na Lei Rouanet, que institui o Programa Nacional de Apoio à Cultura (Pronac).

O parecer da relatora, deputada Tereza Nelma (PSD-AL), foi favorável à proposta, com emenda para aperfeiçoar a técnica legislativa.

Segundo a parlamentar, a mudança das atitudes violentas contra a mulher passa necessariamente pela formulação de políticas públicas em diferentes setores, que vão desde a implantação de programas específicos de segurança à integridade física da mulher à adoção de medidas preventivas, de caráter educativo e cultural.

“Nesse sentido, a legislação federal precisa ser aperfeiçoada com o intuito de se promover campanhas educativas e atividades culturais que ensejem a valorização da mulher e coíbam práticas de violência contra o sexo feminino”, disse Tereza Nelma.

“Ao propor a prioridade na alocação de recursos da Lei Rouanet para o apoio aos projetos culturais que promovam a prevenção e o combate à violência contra a mulher, a proposta dá um passo importante nessa direção”, completou a deputada.

Tramitação
O projeto tramita em caráter conclusivo e será analisado agora pelas comissões de Cultura; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

 

 

Reportagem - Lara Haje
Edição - Natalia Doederlein

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.


Sua opinião sobre: PL 5416/2019

Íntegra da proposta