Direitos Humanos

Comissão externa da Câmara discute combate ao feminicídio nesta quinta

Os interessados poderão acompanhar o debate pela internet, inclusive enviando perguntas, críticas e sugestões

07/04/2022 - 08:17  

Depositphotos
Foto escura de um homem segurando violentamente o braço de uma mulher
Convidados vão discutir número de feminicídios no Brasil

A Comissão Externa de Combate à Violência Doméstica contra a Mulher da Câmara dos Deputados promove audiência pública nesta quinta-feira (7) sobre prevenção da violência contra a mulher e do feminicídio.

“De acordo com dados de 2020, colhidos pelo jornal Folha de S.Paulo nas secretarias de Segurança Pública dos 26 estados e do Distrito Federal, o Brasil registrou 1.338 mortes de mulheres por sua condição de gênero, assassinatos praticados em sua maioria por companheiros, ex-companheiros ou pretensos companheiros”, afirma a coordenadora do colegiado, deputada Tabata Amaral (PSB-SP).

O debate desta quinta, que foi sugerido pela coordenadora, ouvirá:
- a delegada de Polícia Civil do Piauí e superintendente de Gestão de Riscos da Secretaria de Segurança Pública do Piauí, Eugenia Nogueira do Rego;
- a ouvidora nacional da Mulher e conselheira do Conselho Nacional de Justiça, Tania Reckziegel;
- a presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), Renata Gil de Alcantara Videira;
- a advogada especialista em gênero Paula Tavares;
- o coordenador-geral de Políticas de Prevenção à Violência e a Criminalidade do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Marcos de Araújo; e
- a coordenadora-geral de Assuntos Judiciários do Departamento de Promoção de Políticas de Justiça da Secretaria Nacional de Justiça, Nádia de Castro Amaral Franco Waller.

A audiência será realizada no plenário 7, a partir das 10 horas.

Os interessados poderão acompanhar o debate pelo portal e-Democracia, inclusive enviando perguntas, críticas e sugestões.

Da Redação - ND

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.