Meio ambiente e energia

Comissão especial tentará votar nesta terça-feira parecer sobre mudanças no setor elétrico

14/12/2021 - 08:15   •   Atualizado em 14/12/2021 - 08:20

Marcos Oliveira/Agência Senado
Economia - consumidor - conta de luz abastecimento energia elétrica eletricidade tarifas
Portabilidade da conta de luz foi excluída do texto

A comissão especial criada para analisar o projeto de lei que muda vários pontos do marco legal do setor elétrico (PL 1917/15) reúne-se nesta terça-feira (14) para tentar para votar o parecer do relator, deputado Edio Lopes (PL-RR). Nas últimas semanas, as reuniões do colegiado, com esse intuito, foram canceladas.

A última alteração no texto foi anunciada em 17 de novembro. Para os consumidores, o principal ponto do relatório de Lopes é a liberalização do mercado de energia elétrica. A portabilidade da conta de luz foi excluída do parecer.

Pelo texto, seis anos depois da publicação da lei, todos os usuários, independentemente do nível de consumo, poderão comprar energia no mercado livre, no qual as tarifas são pactuadas entre consumidores e produtores por meio de agentes de comercialização, empresas que fazem a ponte entre os dois lados da negociação.

Atualmente, o mercado livre é restrito a grandes consumidores, como indústrias e shopping centers.

A comissão, instalada em outubro de 2019, é presidida pela deputada Jaqueline Cassol (PP-RO).

A reunião está marcada para as 14 horas, em plenário a ser definido.

Saiba mais sobre a tramitação de projetos de lei

Da Redação - MO

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.