Educação, cultura e esportes

Projeto prevê doação de computadores apreendidos ou abandonados para alunos carentes

Deputada destaca que falta de acesso a computadores prejudicou aprendizagem de estudantes de baixa renda na pandemia

16/11/2021 - 10:18  

Cleia Viana/Câmara dos Deputados
Deputada Rose Modesto (PSDB-MS)
Rose Modesto: “O objetivo é promover a inclusão digital"

O Projeto de Lei Complementar (PLP) 95/21 que os produtos de informática abandonados, apreendidos ou objetos de pena de perdimento pela Receita Federal serão doados a alunos em situação de vulnerabilidade regularmente matriculados na rede pública de ensino. O texto tramita na Câmara dos Deputados.

A proposta é da deputada Rose Modesto (PSDB-MS) e insere a medida no Código Tributário Nacional e no Decreto-lei 1.455/76, que trata de regras aduaneiras para bagagens.

“O objetivo desta proposição é promover a inclusão digital de alunos em situação de vulnerabilidade da rede pública que sofrem, especialmente no contexto da pandemia, enormes prejuízos nos seus processos de ensino-aprendizagem por não terem acesso a computadores, notebooks e tabletes”, disse Rose Modesto.

Tramitação
Antes de ir ao Plenário, o projeto será analisado nas comissões de Educação; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ).

Conheça a tramitação de projetos de lei complementar

Reportagem - Janary Júnior
Edição - Marcia Becker

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.


Íntegra da proposta