Política e Administração Pública

André Janones cobra votação de auxílio emergencial e PEC da Segunda Instância; acompanhe

01/02/2021 - 20:53  

Cleia Viana/Câmara dos Deputados
Sessão da Câmara para eleger nova Mesa Diretora. Candidato a presidência da Câmara, dep. André Janones (AVANTE - MG)
André Janones: candidatos à Presidência da Câmara não representam os anseios da população

O candidato a presidente da Câmara André Janones (Avante-MG) cobrou há pouco, em Plenário, a votação das propostas de prorrogação do auxílio emergencial e da prisão em segunda instância. "Milhões de brasileiros não se sentem representados pelo Parlamento enquanto instituição, pois são ignorados por esta Casa", lamentou.

Janones afirmou que a eleição para presidente da Câmara é antidemocrática. "Eu me nego a conceber como democrática uma eleição em que a vontade do povo é ignorada. Esta eleição não é democrática, porque não tem participação popular", apontou.

Para o deputado do Avante, os principais candidatos a presidente da Câmara não representam os anseios da população. Para ele, sua candidatura serve para mostrar que os deputados tinham outra opção na disputa. "Não me corrompi, não me vendi, não negociei minha candidatura", afirmou.

André Janones também lamentou a polarização entre partidos de esquerda e direita na eleição da Câmara e na agenda legislativa. "Fazem este teatro aqui dentro, mas o povo está atento", alertou. "O povo brasileiro clama por um candidato que fale a linguagem do povo, que fuja deste debate idiota e ultrapassado de direita versus esquerda. Este Parlamento está dentro de uma ilha, de uma bolha", afirmou.

Acompanhe a sessão do Plenário ao vivo

Reportagem - Francisco Brandão
Edição - Ana Chalub

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.