Política e Administração Pública

Maia anuncia bloco de 11 partidos para a sua sucessão na Câmara

18/12/2020 - 18:01  

Najara Araujo/Câmara dos Deputados
Maia concede entrevista ao lado de líderes
Maia: "Enquanto uns se encontram nas trevas, nós celebramos a luz"

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), anunciou a formação de um novo bloco com 11 partidos para disputar a Mesa Diretora na sua sucessão, no ano que vem. Integram o bloco os seguintes partidos: PT, DEM, PDT, PSB, MDB, Cidadania, Rede, PV, PcdoB, PSDB e PSL. Ao todo, 269 deputados compõem o grupo.

Maia leu documento assinado por representantes desses partidos (ver lista abaixo) no qual destaca a projeção da Casa nos últimos dois anos, por ter se tornado "a fortaleza da democracia, o território da liberdade, exemplo de respeito e empatia com milhões de brasileiros".

"Enquanto alguns buscam corroer e lutam para fechar nossas instituições, nós aqui lutamos para valorizá-las. Enquanto uns cultivam o sonho torpe do autoritarismo, nós fazemos a vigília da liberdade. Enquanto uns se encontram nas trevas, nós celebramos a luz", afirma.

"Esta não é uma eleição entre o candidato A ou o candidato B. Essa é a eleição entre ser livre ou subserviente. Ser fiel à democracia ou ser aliado do autoritarismo. Ser parceiro da ciência ou ser conivente com o negacionismo. Ser fiel aos fatos ou ser devoto das fake news", diz o documento.

A presidente do PT, deputada Gleisi Hoffman (PR), afirmou que, apesar das diferenças entre alguns partidos que compõem o bloco na agenda econômica, a pauta da defesa da democracia os une. Segundo ela, os partidos de oposição também vão apresentar um nome para ser analisado pelo bloco para disputar a eleição da Câmara.

"Em defesa da democracia, das instituições e da liberdade", afirmou a deputada.
O presidente do PSL, deputado Luciano Bivar, disse que o partido tem responsabilidade com as instituições. "Somos contra os radicalismos, mas somos absolutamente intransigentes aos princípios", defendeu.

Após a reunião, o presidente Rodrigo Maia disse que o nome do candidato do grupo pode ser anunciado já na próxima semana, após conversas com todos os partidos.

Assinam o documento, além do presidente da Câmara, os seguintes deputados, representando seus partidos:

- Gleisi Hoffmann (PT-PR), presidente do partido
- Pedro Uczai (PT-SC)
- Luciano Bivar (PSL-PE), presidente do partido
- Felipe Francischini (PSL-PR), líder
- Baleia Rossi (MDB-SP), presidente do partido
- Isnaldo Bulhões Jr. (MDB-AL), futuro líder
- Alessandro Molon (PSB-RJ)
- Rodrigo de Castro (PSDB-MG), líder
- Mário Heringer (PDT-MG)
- Arnaldo Jardim (Cidadania-SP)
- Enrico Misasi (PV-SP)
- Orlando Silva (PCdoB-SP)
- Gustavo Fruet (PDT-PR)

Reportagem - Luiz Gustavo Xavier
Edição - Wilson Silveira

  • Áudio da matéria

    Ouça esta matéria na Rádio Câmara

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.