Ciência, tecnologia e Comunicações

Projeto garante envio gratuito de SMS para serviços de emergência

11/11/2019 - 11:12  

O Projeto de Lei 5203/19 obriga operadoras de telefonia celular a encaminharem gratuitamente mensagens curtas de texto – popularmente conhecidas como “torpedos” ou ‘SMS’” – aos serviços públicos de emergência.

“Entendemos que a proposição estimula a democratização do acesso a esses serviços pelas pessoas com deficiência auditiva” diz o autor do projeto, deputado Pedro Augusto Bezerra (PTB-CE).

Michel Jesus/Câmara dos Deputados
Bezerra: "O recurso previsto no projeto já é uma realidade em cidades como São Paulo"

Segundo o texto, o envio gratuito fica condicionado à manifestação de interesse pelo órgão responsável pelo serviço de emergência, que deverá também adotar as providências necessárias para prestar o atendimento mediante recebimento de mensagens curtas de texto.

Bezerra informa que, desde 2011, já existe uma resolução da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) que regulamenta o envio gratuito de mensagens curtas de texto para serviços públicos de emergência.

“Decorridos mais de oito anos da aprovação dessa norma, muitos estados e municípios ainda não manifestaram interesse junto às operadoras, tolhendo as pessoas com deficiência auditiva de um recurso considerado imprescindível, sobretudo em situações de risco”, lamentou.

O projeto altera a Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência.

Tramitação
O projeto será analisado em caráter conclusivo pelas comissões de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática; de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Saiba mais sobre a tramitação de projetos de lei

Reportagem – Murilo Souza
Edição – Natalia Doederlein

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.


Íntegra da proposta