Segurança

Proposta exige prioridade em perícia para as vítimas de violência doméstica

27/09/2019 - 17:08  

Billy Boss/Câmara dos Deputados
Expedito Neto lembra que as vítimas precisam de provas materiais

O Projeto de Lei 4471/19 determina que mulheres vítimas de violência doméstica e familiar terão prioridade para atendimento no Instituto Médico Legal para realização de exames periciais. Conforme o texto, os laudos deverão ser concluídos em até 24 horas.

A proposta está em tramitação na Câmara dos Deputados. “Nesses casos, há a possibilidade de as marcas sumirem com o tempo”, disse o autor, deputado Expedito Netto (PSD-RO). “Sem as provas materiais, a vítima terá enormes dificuldades para obter as medidas legais para se precaver diante do agressor.”

Tramitação
A proposta tramita em caráter conclusivo e será analisada pelas comissões de Defesa dos Direitos da Mulher; de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Saiba mais sobre a tramitação de projetos de lei

Reportagem – Ralph Machado
Edição – Wilson Silveira

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.


Íntegra da proposta