Política e Administração Pública

Relator do Orçamento destaca baixo valor para investimentos em 2020

02/09/2019 - 16:22  

Para o relator do projeto da Lei Orçamentária Anual (LOA - PLN 22/19), deputado Domingos Neto (PSD-CE), o orçamento público está estrangulado e os recursos para investimentos estão muito aquém da demanda do País. Ele destacou que a previsão para as despesas discricionárias para o próximo ano, isto é, aquelas despesas que o governo tem liberdade de definir, deixam apenas R$ 19 bilhões para investimentos.

Antonio Augusto / Câmara dos Deputados
Domingos Neto: orçamento impositivo dá maior protagonismo ao Parlamento

Na sexta-feira (29), o Executivo entregou ao Congresso Nacional os projetos da LOA de 2020 e do Plano Plurianual (PPA) de 2020-2023. O primeiro texto traz a receita estimada e as despesas previstas, ao passo que o segundo contém o planejamento estratégico da gestão Bolsonaro.

Domingos Neto avalia positivamente o fato de o ano que vem ser o primeiro a levar em consideração o orçamento impositivo para as emendas de bancada, que prevê a obrigatoriedade de execução dessas emendas. Excepcionalmente, esse montante será de 0,8% da Receita Corrente Líquida (RCL), cerca de R$ 6,7 bilhões. Nos anos seguintes, chegará a 1%.

“É o primeiro orçamento impositivo após a aprovação da lei que o regulamentou. É nesse ambiente que, para conseguir restabelecer o nível de execução que não nos leve à paralisação dos serviços públicos, temos desafios que estão em projetos que não são só a LOA: temos que discutir alguns pontos que impactam no teto”, afirmou.

Domingos Neto também disse que a criação do orçamento impositivo dá maior protagonismo ao Parlamento e a chance de uma maior participação da população na execução orçamentária. “Vai trazer instrumentos para uma participação direta no planejamento e na fiscalização do orçamento”, acredita.

O relator ponderou ainda que os baixos recursos para investimentos previstos para o Orçamento de 2020 podem gerar avanços nas Parcerias Público-Privadas (PPPs), no novo marco do saneamento básico e nas concessões de aeroportos no País.

Reportagem - Luiz Gustavo Xavier
Edição - Geórgia Moraes

  • Áudio da matéria

    Ouça esta matéria na Rádio Câmara

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.


Íntegra da proposta