Meio ambiente e energia

Proposta que prevê eliminação das substâncias sintéticas PCBs é aprovada na CCJ

07/08/2018 - 18:11  

Reila Maria/Câmara dos Deputados
Reunião ordinária. Dep. Jerônimo Goergen (PP - RS)
Jerônimo Goergen, relator, apresentou parecer favorável

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) aprovou, nesta terça-feira (07), o Projeto de Lei 1075/11, que prevê a eliminação controlada das chamadas bifenilas policloradas (PCBs), substâncias sintéticas que compõem óleos isolantes utilizados em transformadores, capacitores e outros equipamentos elétricos.

O relator, deputado Jerônimo Goergen (PP-RS), apresentou parecer pela constitucionalidade da matéria.

De autoria do deputado Sarney Filho (PV-MA) e do ex-deputado Penna (PV-SP), a proposta incorpora à legislação regras da Convenção de Estocolmo sobre Poluentes Orgânicos Persistentes, da qual o Brasil é signatário, que restringem severamente a utilização das PCBs.

O texto aprovado é o substitutivo anteriormente votado pela Comissão de Meio Ambiente, que inclui a obrigação de inventariar e informar ao órgão ambiental competente, a cada dois anos, a existência de PCBs.

Pelo texto aprovado, o detentor dos poluentes deve promover ainda a destinação final ambientalmente adequada, levando em conta, além dos riscos ao meio ambiente e à saúde, as quantidades de poluentes ou materiais contaminados que possui.

Ouça esta matéria na Rádio Câmara

Tramitação
O projeto tramitou em caráter conclusivo e, portanto, deve seguir ao Senado, a não ser que haja recurso para votação em Plenário.

Reportagem – Paula Bittar
Edição – Ana Chalub

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.


Sua opinião sobre: PL 1075/2011

Íntegra da proposta