Saúde

Projeto prevê distribuição de tablets para trabalho de agentes comunitários de saúde

Pela proposta, equipamentos eletrônicos portáteis serão utilizados para registro e transmissão on-line de dados recolhidos pelos agentes comunitários de saúde e pelos agentes de combate às endemias

07/04/2017 - 21:29  

Billy Boss/Câmara dos Deputados
Audiência pública para debater o anúncio de que a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, planeja reduzir sua rede de atendimento e de serviços e promover a demissão de funcionários. Dep. Angelim (PT-AC)
Angelim: agentes poderão fazer o cadastramento on-line da situação de saúde das famílias

Está em análise na Câmara dos Deputados o Projeto de Lei 7079/17, que determina o fornecimento de equipamentos como tablets e smartphones para o trabalho de agentes comunitários de saúde e de combate a endemias. O autor da proposta, deputado Angelim (PT-AC), afirma que a medida vai facilitar o registro de dados e o acompanhamento das ações de saúde.

"Na hora em que eles estiverem visitando uma casa ou uma rua, de forma on-line, eles poderão fazer o cadastramento da situação das famílias do ponto de vista da saúde e a situação das ruas do ponto de vista do saneamento básico. Essas informações irão direto para o sistema integrado dos municípios, para facilitar e reduzir trabalho, para não ter o retrabalho de fazer o cadastramento", diz Angelim.

Os agentes ajudam na elaboração, implantação e avaliação dos planos de ação local de saúde, orientando e acompanhando as famílias. Eles ainda atuam prevenindo e ajudando no combate de doenças que podem causar epidemias, como dengue, zika e chikungunya.

Tramitação
O projeto tem caráter conclusivo e será analisado pelas comissões de Seguridade Social e Família; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Reportagem – Alex Akira
Edição – Pierre Triboli

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.


Sua opinião sobre: undefined undefined/undefined

Íntegra da proposta