Política e Administração Pública

Deputados divergem sobre necessidade de nova votação do financiamento empresarial

27/05/2015 - 19:59  

Assista ao vivo à sessão do Plenário

O Plenário da Câmara dos Deputados discute neste momento o modelo de financiamento exclusivamente público de campanhas, mas os debates ainda repercutem a decisão do presidente da Casa, Eduardo Cunha, referendada por parte dos líderes, de colocar em votação uma emenda que determina o financiamento de partidos por pessoas, empresas e pelo Fundo Partidário.

O deputado Júlio Delgado (PSB-MG) ressaltou já houve um resultado sobre o tema, pois o Plenário rejeitou ontem uma emenda que previa esse modelo de financiamento para candidatos e partidos. "Estamos vivendo um jogo de futebol. O dono da bola perdeu o jogo e está tentando fazer o jogo de novo", disse.

Para o deputado Glauber Braga (PSB-RJ), a decisão de Cunha deixa os parlamentares inseguros e pode levar ao controle dos resultados em Plenário.

Já o deputado Marcus Pestana (PSDB-MG) defendeu a aprovação da nova emenda, que irá a voto depois da decisão sobre financiamento público. "Se as empresas forem proibidas de doar, vamos jogar a política no ponto da criminalização e no festival do caixa dois", disse.

Mais informações a seguir

Reportagem – Carol Siqueira
Edição – Pierre Triboli

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.


Sua opinião sobre: PEC 182/2007

Íntegra da proposta