Política e Administração Pública

Manifestantes invadem cúpulas do Congresso Nacional

17/06/2013 - 20:11  

Marcello Larcher
Protesto Congresso
Em um dos momentos mais tensos, manifestantes começaram a jogar água na Polícia, que revidou com spray de pimenta.

Manifestantes na Esplanada dos Ministérios ultrapassaram a barreira de policiamento e invadiram as cúpulas do Congresso Nacional.

De acordo com a Polícia Militar, cerca de 5 mil pessoas participam da manifestação com faixas e palavras de ordem dizendo: “Copa do Mundo, eu abro mão”, “Quero dinheiro para saúde e educação" e "Você aí parado também já foi roubado".

As faixas também são contra a PEC 37 (investigação do Ministério Público), contra a violência policial, por mais saúde e fora Feliciano. Os manifestantes cantaram o hino nacional.

Em um dos momentos mais tensos, por volta das 18h30, manifestantes começaram a jogar água na Polícia, que revidou com spray de pimenta.

Marcha do Vinagre
De acordo com Wellington Fontenele, organizador da “Marcha do Vinagre”, o movimento reuniu quatro marchas, todas convocadas pela internet. O nome da marcha faz referência à substância usada pelos jovens para neutralizar os efeitos do gás lacrimogêneo. Segundo informou, a manifestação foi convocada para protestar contra a violência policial de São Paulo.

O manifestante acrescentou que a marcha foi convocada por vários motivos, como uma insatisfação geral do brasileiro. “É uma indignação geral do brasileiro com um Estado que não provê saúde nem educação. Somos brasileiros e estamos incomodados.”

No início da manifestação, o prédio havia sido cercado pelos policiais, mas os manifestantes romperam o cerco e foram invadindo a área isolada através do espelho d'água. Todo o gramado em volta está ocupado de manifestantes.

O ato estava previsto para se encerrar às 21 horas, mas de acordo com Fontenele, não tem previsão de dispersar.

Reportagem - Carol Siqueira
Edição – Regina Céli Assumpção

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.