Política e Administração Pública

Câmara lembra Dia do Índio em sessão solene

Em discursos no Plenário, deputados e lideranças indígenas pediram avanços no reconhecimento dos direitos dos índios.

22/04/2013 - 19:41  

Luis Macedo / Câmara dos Deputados
Solene índios
Sessão fez homenagem especial às crianças indígenas.

A Câmara homenageou pela passagem do Dia do Índio, em 19 de abril, todos os indígenas brasileiros em uma sessão solene que lembrou a luta por direitos e a diversidade cultural dos povos que habitam o Brasil. A homenagem foi destinada especialmente às crianças indígenas.

“Precisamos garantir um futuro para essas crianças, que são brasileiras, independentemente de suas etnias”, disse o deputado Marcio Junqueira (DEM-RR). Ele lembrou que, por ser originário de um estado indígena, tem “a obrigação” de buscar um entendimento entre índios e não-índios.

Convidado para discursar em sua língua nativa, o cacique Raoni, dos Caiapó Metuquitire, defendeu a continuidade da demarcação de terras pela Fundação Nacional do Índio (Funai), contra a proposta (PEC 215/00) que transfere para o Congresso a palavra final sobre a demarcações dessas terras. “Peço para que parem de massacrar os índios, vamos nos reunir, vocês políticos e nós lideranças indígenas, para isso não acontecer”, disse.

Ação religiosa
O deputado Roberto de Lucena (PV-SP), que sugeriu a homenagem, lembrou que durante, toda a semana passada, a Câmara recebeu grupos indígenas. Ele defendeu instituições evangélicas que atuam em ações sociais e de educação junto aos indígenas. “Não existe um deus dos brancos e um dos índios, e eu agradeço a Deus pelos índios, os grandes guardiões da natureza brasileira”, disse.

Luis Macedo/Câmara dos Deputados
Homenagem aos Povos Indígenas. Cacique Raoni
Cacique Raoni defendeu a continuidade da demarcação de terras indígenas pela Funai.

Avanço
Em mensagem lida em Plenário, o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, disse que é preciso desenvolver uma convivência equilibrada com os indígenas. Para ele, o Brasil avançou muito desde a Constituinte, mas ainda há um caminho até reconhecer plenamente os direitos dos índios e a legitimidade de suas demandas.

O deputado Padre Ton (PT-RO), que também solicitou a solenidade, não pôde comparecer por estar em uma reunião na Procuradoria-Geral da República sobre assunto do interesse dos indígenas. Ele enviou uma mensagem de apoio aos homenageados.

Reportagem – Marcello Larcher
Edição – Pierre Triboli

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.


Íntegra da proposta