Economia

Deputados defendem política que viabilize desenvolvimento regional

12/05/2011 - 13:13  

Deputados da Comissão de Finanças e Tributação defenderam há pouco a aprovação de uma reforma tributária acompanhada de uma política nacional de desenvolvimento e desconcentração de riqueza e de investimento. Na conferência promovida hoje pela comissão, o deputado Rui Costa (PT-BA) disse que a guerra fiscal surgiu e permanece na falta de uma política nacional sobre geração de emprego e renda.

O deputado Pepe Vargas (PT-RS) lembrou que já ocorreram diversas tentativas de votar a reforma tributária, mas a votação nunca foi concretizada porque cada ente envolvido tem interesse em um modelo e não faz concessões. “É preciso fazer um pacto por alguma coisa que avance. Temos que buscar algo que seja factível”, defendeu.

O deputado Valdivino de Oliveira (PSDB-GO) defendeu uma reforma tributária que não elimine a possibilidade de incentivos fiscais, mas que imponha limites. “Esses incentivos são importantes para o crescimento de determinadas regiões.”

O deputado José Humberto (PHS-MG) fez um apelo para que o governo federal rediscutida a partilha dos recursos e que os envolvidos identifiquem os pontos de convergência. “Desenvolvimento econômico se faz com sustentabilidade”, declarou.

A conferência sobre a reforma tributária foi encerrada há pouco.

Reportagem – Rachel Librelon
Edição – Pierre Triboli

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.