Educação, cultura e esportes

Câmara inclui Anita Garibaldi entre os heróis da Pátria

09/04/2010 - 15:24  

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) aprovou nesta quinta-feira (8) o Projeto de Lei 4253/08, que inclui o nome de Ana Maria de Jesus Ribeiro, conhecida como Anita Garibaldi, no Livro dos Heróis da Pátria. Como tramita em caráter conclusivoRito de tramitação pelo qual o projeto não precisa ser votado pelo Plenário, apenas pelas comissões designadas para analisá-lo. O projeto perderá esse caráter em duas situações: - se houver parecer divergente entre as comissões (rejeição por uma, aprovação por outra); - se, depois de aprovado pelas comissões, houver recurso contra esse rito assinado por 51 deputados (10% do total). Nos dois casos, o projeto precisará ser votado pelo Plenário., a proposta segue para sanção presidencial, caso não haja recurso para análise em plenário.

O Livro dos Heróis da Pátria fica exposto no Panteão da Pátria e da Liberdade Tancredo Neves, na Praça dos Três Poderes, em Brasília. Nele, são registrados os nomes de brasileiros que tenham dedicado suas vidas à Pátria, como exemplo de dedicação e heroísmo.

Nascida em 1821 no município de Laguna, em Santa Catarina, Anita foi a combativa esposa de Giuseppe Garibaldi, herói italiano que participou da Guerra dos Farrapos. A chamada "heroína dos dois mundos" acompanhou Garibaldi em seus combates no Brasil (Santa Catarina e Rio Grande do Sul), no Uruguai e na Itália.

Para a senadora Serys Slhessarenko (PT-MT), autora do projeto, Anita é um exemplo para as mulheres brasileiras. "Ela foi uma mulher de coragem e força que não se furtou em lutar por um ideal de justiça, rompendo preconceitos e estigmas", afirma.

Relator do projeto na CCJ, o deputado Fernando Coruja (PPS-SC) apoiou a proposta.

Reportagem - Carolina Pompeu
Edição - Daniella Cronemberger

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.


Sua opinião sobre: PL 4253/2008

Íntegra da proposta