Política e Administração Pública

Proposta prevê incentivos para pecuária intensiva

23/01/2009 - 12:01  

Tramita na Câmara o Projeto de Lei 4362/08, do Senado, que permite a concessão de incentivos especiais pelo poder público aos produtores rurais que trocarem a pecuária extensiva pela intensiva e estimularem o sistema orgânico de produção. Pela proposta, a substituição de sistemas também será um dos objetivos do crédito rural.

A pecuária extensiva utiliza grandes áreas de terra, com rebanho solto. De acordo com o autor do projeto, senador João Tenório (PSDB-AL), esse sistema tem baixa produtividade devido à menor concentração de animais no terreno e à maior dificuldade de controle sobre a qualidade da alimentação dos rebanhos. Nessa modalidade, são cerca de 2 hectares por cada cabeça de gado.

Já o sistema intensivo usa pastagens plantadas e adubadas. O terreno é subdividido em piquetes, o que permite até dez animais por hectare, além de abrir espaço para outras culturas.

Tenório argumenta que o País tem assistido ao aumento de áreas cultivadas para a produção de biocombustíveis e que a pecuária tem sido empurrada para áreas ainda não ocupadas. Ele afirma que a troca permitirá que o produtor libere área para cultivo.

O projeto altera a Lei Agrícola (8.171/91).

Tramitação
A proposta, que tramita em caráter conclusivo, será analisada pelas comissões de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Notícias anteriores:
Subcomissão apresenta proposta para gerar renda no setor agrícola
CCJ aprova reformulação de normas para rastreabilidade do gado
Crédito rural terá consolidação e atualização de leis
Produção de alimentos orgânicos pode receber incentivo

Reportagem - Vania Alves
Edição - Pierre Triboli

(Reprodução autorizada desde que contenha a assinatura `Agência Câmara`)

Agência Câmara
Tel. (61) 3216.1851/3216.1852
Fax. (61) 3216.1856
E-mail:agencia@camara.gov.br

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.


Sua opinião sobre: PL 4362/2008

Íntegra da proposta