Saúde

Projeto inclui oncologia pediátrica no currículo acadêmico de Medicina e Enfermagem

Cursos atuais terão 12 meses para se adaptarem; proposta será analisada pelos deputados

07/02/2024 - 12:08  

Zeca Ribeiro / Câmara dos Deputados
Eduardo da Fonte discursa na tribuna do Plenário
Eduardo da Fonte considera que curso vai dar mais eficácia ao tratamento

O Projeto de Lei 6003/23 inclui a oncologia pediátrica no currículo dos cursos superiores de Medicina e Enfermagem. O texto em análise na Câmara dos Deputados insere a exigência na Política Nacional de Atenção à Oncologia Pediátrica.

“Conteúdos específicos sobre o câncer infantojuvenil poderão tornar mais eficaz o diagnóstico precoce, além de reduzir a mortalidade e melhorar a qualidade de vida”, explicou o autor da proposta, deputado Eduardo da Fonte (PP-PE).

Conforme o projeto, os cursos de Medicina e de Enfermagem já em funcionamento terão prazo de 12 meses, após a entrada em vigor da futura lei, para adaptar seus currículos.

Tramitação
A proposta tramita em caráter conclusivo e será analisada pelas comissões de Saúde; de Educação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Da Reportagem/RM
Edição – Rodrigo Bittar

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.


Íntegra da proposta