Política e Administração Pública

Lei cria cargos e funções no Superior Tribunal Militar

Foram criados 240 cargos de provimento efetivo, 97 cargos em comissão e 403 funções comissionadas

01/12/2023 - 09:01  

Conselho Nacional de Justiça
Edifício Sede do Superior Tribunal Militar em Brasília
Norma tem origem em projeto do STM para reposição da força de trabalho

O presidente da República em exercício, Geraldo Alckmin, sancionou a lei que cria cargos de provimento efetivo (preenchidos por concurso público) e em comissão, além de funções comissionadas, nos quadros da Secretaria do Superior Tribunal Militar (STM) e das Auditorias da Justiça Militar da União.

A Lei 14.741/23 foi publicada nesta sexta-feira (1º). O texto tem origem em projeto do STM (PL 1184/15), aprovado na Câmara dos Deputados e no Senado.

São criados 240 cargos de provimento efetivo, 97 cargos em comissão e 403 funções comissionadas (FCs). Como justificativa à medida está a reposição da força de trabalho.

O STM é o órgão máximo do Poder Judiciário responsável por julgar, em última instância, os crimes militares cometidos por membros das Forças Armadas. É composto por 15 ministros, sendo 10 militares e cinco civis.

Reportagem - Janary Júnior
Edição - Marcia Becker

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.


Sua opinião sobre: PL 1184/2015

Íntegra da proposta