Saúde

Projeto cria identificação civil para pessoas que realizaram cirurgia bariátrica

O autor diz que restaurantes oferecem descontos para quem fez a redução de estômago, mas o consumidor tem dificuldades de comprovar

26/06/2023 - 14:00  

Billy Boss / Câmara dos Deputados
Deputado Milton Vieira
O autor da proposta, deputado Milton Vieira

O Projeto de Lei 1395/23 cria um cadastro de identificação civil para pessoas que tenham realizado cirurgia bariátrica ou gastroplastia para diminuir o tamanho do estômago. A informação constará em documento único a ser expedido pelos estados.

Conforme a Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica, em 2018, foram realizadas 63.969 cirurgias bariátricas, sendo 49.521 por motivos de saúde. O total de procedimentos em 2018 foi 4,38% maior do que em 2017, quando foram realizadas aproximadamente 61.283 mil cirurgias pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Em análise na Câmara dos Deputados, o texto é de autoria do deputado Milton Vieira (Republicanos-SP). Segundo ele, a medida é “incentivo para que os cidadãos bariátricos possam dispor dos seus direitos e liberdades e, por outro lado, estimula o comércio a atender esse segmento”.

O parlamentar observa que é comum que estabelecimentos comerciais ofereçam descontos em refeições a pessoas que se submeteram à bariátrica, no entanto o consumidor tem dificuldades de comprovar haver passado pela cirurgia.

Tramitação
A proposta que tramita em caráter conclusivo será analisada pelas comissões de Saúde; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Reportagem - Emanuelle Brasil
Edição - Natalia Doederlein

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.


Sua opinião sobre: PL 1395/2023

Íntegra da proposta