Ciência, tecnologia e Comunicações

Comissões debatem violência política e liberdade de imprensa nas eleições de 2022

29/06/2022 - 08:03  

macor/DepositPhotos
Comunicação - rádio e TV - imprensa cinegrafistas câmeras televisão imagem transmissão entrevistas coletivas
O seminário vai debater os crescentes ataques a jornalistas e comunicadores

As comissões de Ciência e Tecnologia e de Direitos Humanos e Minorias da Câmara promovem nesta quarta-feira (29) o seminário: "Impactos da desinformação e da violência política para a democracia". O encontro também vai discutir a violência contra jornalistas e garantias para o exercício da liberdade de imprensa no período eleitoral de 2022.

O seminário acontece no plenário 9, às 14 horas, e poderá ser acompanhado de forma virtual e interativa pelo e-Democracia.

Os deputados Gustavo Fruet (PDT-PR) e Luiza Erundina (Psol-SP), que pediram o debate, lembram que as eleições de 2022 no Brasil serão realizadas em um contexto de crescentes ataques a jornalistas e comunicadores e violações da liberdade de imprensa, que tendem a se agravar durante a campanha.

"De acordo com a Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), entre 2019 e 2021, o total de casos de violência contra jornalistas no Brasil somou 1.066 ocorrências – total superior à soma de todos os episódios registrados pela Federação entre os anos de 2010 e 2018", observam os deputados.

Debatedores
Entre as pessoas que confirmaram presença no seminário estão:
- a secretária-geral da Presidência do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Christine Peter;
- o representante regional para América do Sul do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos, Jan Jarab;
- o secretário-executivo do Instituto de Políticas Públicas em Direitos Humanos do Mercosul, Remo Carlotto; e
- o representante da Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão, Enrico Rodrigues de Freitas.

Da Redação - RS

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.