Saúde

Projeto cria “Fevereiro Cinza” para debater a ansiedade generalizada

Dados da Organização Mundial de Saúde indicam que a ansiedade afeta cerca de 18,6 milhões de pessoas no Brasil

14/03/2022 - 08:35  

Najara Araujo/Câmara dos Deputados
Deputado Francisco Jr. fala ao microfone
Francisco Jr.: na pandemia aumentaram os casos de depressão e ansiedade

O Projeto de Lei 3414/21 institui a campanha de saúde pública “Fevereiro Cinza”, para conscientização sobre os cuidados relacionados ao Transtorno de Ansiedade Generalizada (TAG). O texto está em análise na Câmara dos Deputados.

Pela proposta, as atividades promovidas pelo poder público deverão incluir, sem prejuízo de outras, a divulgação de informações referentes ao TAG, como causas, sintomas e tratamento; o incentivo à busca pelo diagnóstico e pelo tratamento dos pacientes; e o combate ao preconceito relacionado a essa enfermidade.

Autor do projeto, o deputado Francisco Jr. (PSD-GO) afirma que o TAG é um dos transtornos psiquiátricos mais subdiagnosticados. “A preocupação excessiva e persistente relacionada a situações ou questões diversas caracterizam a doença”, explicou. Entre os sintomas físicos relacionados ao transtorno estão taquicardia, tremor e boca seca.

Dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) indicam que a ansiedade afeta cerca de 18,6 milhões de pessoas no Brasil, ou 9,3% do total. “Na pandemia de Covid-19 foi percebido aumento nos casos de depressão e ansiedade, e muitos podem ter o quadro de TAG agravado nesse contexto”, comentou o deputado.

Tramitação
O projeto tramita em caráter conclusivo e será analisado pelas comissões de Seguridade Social e Família; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Reportagem – Ralph Machado
Edição – Natalia Doederlein

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.


Íntegra da proposta