Política e Administração Pública

Câmara homenageia ex-deputados Simão Sessim e Haroldo Lima

Ambos morreram de Covid-19 neste ano; eles agora dão nome ao corredor das comissões

15/12/2021 - 18:44  

 

O corredor das comissões permanentes da Câmara dos Deputados (ala C do anexo 2) passa a se chamar deputado Simão Sessim e deputado Haroldo Lima, em homenagem aos dois ex-parlamentares mortos neste ano vítimas da Covid-19.

Sessim foi deputado federal por dez mandatos (de 1979 a 2019). Ele tomou posse em 1979 pela Arena, e depois passou pelas seguintes legendas: PDS, PFL, PPR, PPB e PP. Também participou da Assembleia Nacional Constituinte, em 1987, e foi autor do projeto que deu origem à Lei 13.466/17, que concede prioridade especial, entre os idosos, às pessoas com mais de 80 anos.

Haroldo Lima foi deputado federal pela Bahia por cinco mandatos, a partir de 1983, sendo o primeiro pelo PMDB e os seguintes pelo PCdoB. Liderou a bancada do partido diversas vezes, inclusive durante a Assembleia Nacional Constituinte.

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), destacou a capacidade de trabalho dos dois deputados. “Simão Sessim, que já tinha oito mandatos no currículo quando eu entrei na Câmara em 2011, sempre foi bom companheiro. Expert em matérias de minas e energia. Fica o seu legado e tem seu nome eternizado”, destacou.

“Haroldo Lima representou seu estado com sua força e seu trabalho. Não tive oportunidade de conviver na intimidade, mas sua história fala por ele, e me orgulho de participar desse momento”, afirmou Lira.

Viola Jr. / Câmara dos Deputados
Audiência pública para tratar das circunstâncias da morte do professor Anísio Teixeira durante a ditadura civil-militar de 1964-1985. Ex-preso político, ex-deputado federal e ex-presidente da Agencia Nacional de Petróleo, Haroldo Borges Rodrigues Lima
Haroldo Lima teve atuação destacada na Assembleia Nacional Constituinte

Justa homenagem
O deputado Cacá Leão (PP-BA), que relatou o projeto de resolução que propunha a homenagem, afirmou que os dois parlamentares fizeram história no Parlamento. “Esta casa presta uma justa homenagem. Podem ter certeza, será o canto mais especial desta casa. São duas figuras que merecem todas as homenagens e todo o nosso respeito”, destacou.

O deputado Renildo Calheiros (PCdoB-PE), um dos autores do projeto que propunha a homenagem, afirmou que não há como homenagear todos os deputados, mas destacou que Sessim e Lima merecem pelo papel que cumpriram na Câmara.

“Simão Sessim foi um dos deputados com o maior número de mandatos, ligado à cultura, e relator de muitos projetos. Era um dos deputados mais queridos. Já Haroldo Lima era um parlamentar experiente, combativo e muito atuante na Constituinte”, disse Calheiros.

Reportagem – Luiz Gustavo Xavier
Edição – Roberto Seabra

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.