Trabalho, Previdência e Assistência

Câmara entrega prêmio Zilda Arns de 2021

O padre Júlio Lancellotti e as Obras Sociais Irmã Dulce estão entre os premiados

29/09/2021 - 10:05  

Depositphotos
Uma mulher idosa está sentada segurando uma bengala. Ela sorri e alguém coloca a mão sobre a mão dela.
Premiação reconhece quem contribui para a defesa dos direitos dos idosos

A Segunda-Secretaria da Mesa Diretora da Câmara dos Deputados entrega nesta quarta-feira (29) o prêmio Zilda Arns pela Defesa e Promoção dos Direitos da Pessoa Idosa edição 2021. Os cinco agraciados são:

  • Padre Júlio Lancellotti (SP): vigário da Paróquia São Miguel Arcanjo, na capital paulista, conhecido pelo seu trabalho em benefício da população em situação de rua e ativista de direitos humanos.
  • Obras Sociais Irmã Dulce (BA): entidade filantrópica de atendimento gratuito na saúde, educação e assistência social, que oferece atenção integral, multidisciplinar e humanizada ao idoso em Salvador.
  • Sociedade Cultural e Beneficente Monsenhor Alonso (ES): Instituto de Longa Permanência de Idosos (ILPI) que exerce ação de proteção e abrigo a moradores de rua na cidade de Vitória.
  • Karla Giacomin (MG): médica geriatra, lidera a Frente Nacional de Reforço às Instituições de Longa Permanência para os Idosos (ILPI’s), é coordenadora política de saúde de Belo Horizonte, consultora da Organização Mundial da Saúde e vice-presidente do Centro Internacional de Longevidade.
  • Lidiane Charbel Souza Peres (MG): assistente social e gerontologista em Juiz de Fora, coordenadora-adjunta da Associação/Fórum de Instituições de Longa Permanência para Idosos.

A solenidade de premiação será realizada a partir das 10 horas e poderá ser acompanhada pelo canal da Câmara dos Deputados no YouTube.

O prêmio
Criado em setembro de 2017, o Prêmio Zilda Arns homenageia a médica que atuou em causas humanitárias e sanitaristas. Conselheira no Conselho Nacional de Saúde, Zilda Arns trabalhou também no Ministério da Saúde.

Da Redação - ND

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.