Cidades e transportes

Proposta exige que taxista informe previamente o preço da corrida

19/07/2021 - 15:10  

Luis Macedo/Câmara dos Deputados
O deputado Capitão Augusto fala ao microfone
Capitão Augusto: "Avanços do Uber devem ser incorporados ao táxi"

O Projeto de Lei 7316/17 determina que o taxista deverá informar previamente ao passageiro o preço da corrida e manter-se conectado à internet, a fim de que o serviço possa ser contratado por meio eletrônico. O texto em análise na Câmara dos Deputados altera a Lei 12.468/11, que trata da profissão de taxista.

“O Uber trouxe benefícios ao transporte de passageiros, pela disponibilização antecipada do preço para o trajeto solicitado e pela facilidade no acionamento dos motoristas”, afirmou o autor, deputado Capitão Augusto (PL-SP). “Esses avanços devem ser incorporados ao serviço de táxi”, continuou.

Tramitação
O projeto tramita em caráter conclusivo e será analisado pelas comissões de Trabalho, de Administração e Serviço Público; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Reportagem – Ralph Machado
Edição – Rachel Librelon

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.


Íntegra da proposta