Política e Administração Pública

Deputados prestam homenagem a Mozart Vianna

Ex-presidente da Câmara, Aécio Neves destaca eficiência e discrição do ex-secretário-geral da Mesa

09/06/2021 - 18:25  

Pablo Valadares/Câmara dos Deputados
Comissão Geral para tratar da Reforma Eleitoral. Dep. Aécio Neves PSDB - MG
Aécio Neves: "Mozart formou mais de uma geração de servidores da Câmara"

O deputado Aécio Neves (PSDB-MG) prestou homenagem ao ex-secretário-geral da Mesa Diretora Mozart Vianna de Paiva, que morreu na segunda-feira (7). Mozart foi secretário-geral da Mesa no período em que Aécio Neves foi presidente da Câmara, entre 2001 e 2002, e depois trabalhou como chefe de gabinete em seu mandato de senador. "Como meu chefe de gabinete, ele demonstrou mais uma vez sua versatilidade, sua enorme vocação de servidor público em toda a dimensão que essa expressão possa trazer", lembrou.

Aécio elogiou a serenidade de Mozart para "enfrentar os problemas mais tormentosos" e em especial sua disponibilidade, todos os dias da semana, a qualquer hora. "Mozart é um símbolo daquilo que o Brasil precisa ter em um volume muito maior: servidores públicos discretos e eficientes, conscientes de suas responsabilidades e compreendendo a enorme dimensão da missão que escolheram exercer", declarou. "Ele formou mais de uma geração de servidores da Câmara. Espero que seus exemplos continuem a ser seguidos."

O deputado José Guimarães (PT-CE) também elogiou o trabalho e a vida de Mozart Viana de Paiva. "Quando cheguei aqui em 2007, no meu primeiro mandato, foi uma das primeiras pessoas com quem conversei sobre o exercício da atividade parlamentar. Uma pessoa correta, que serviu ao Parlamento brasileiro."

Reportagem - Francisco Brandão
Edição - Roberto Seabra

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.