Política e Administração Pública

Paulo Azi é eleito novo presidente do Conselho de Ética da Câmara

Polarização política provocou recorde de representações, disse o deputado Juscelino Filho, que deixou o cargo

08/04/2021 - 17:45  

Pablo Valadares/Câmara dos Deputados
Reunião de Instalação e Eleição
Deputados Juscelino Filho (E), Hiran Gonçalves (C) e Paulo Azi (D), durante reunião de eleição dos novos dirigentes do Conselho de Ética

O Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara dos Deputados elegeu nesta quinta-feira (8) novos dirigentes para os próximos dois anos. O deputado Paulo Azi (DEM-BA) foi eleito presidente, com 20 votos; o deputado Hiran Gonçalves (PP-RR) foi eleito 1º vice-presidente, também com 20 votos; e o deputado Carlos Sampaio (PSDB-SP) foi eleito 2º vice-presidente, com 21 votos.

As demais vagas do Conselho de Ética foram preenchidas conforme o tamanho das bancadas.

Paulo Azi agradeceu a importante missão de conduzir Conselho de Ética. "Nossa atribuição fundamental é zelar pela boa imagem do Poder Legislativo sempre oferecendo àqueles que tenham representação neste conselho direito a ampla defesa e procurando dar satisfação à sociedade", disse.

Para Carlos Sampaio, os dois pilares na orientação dos trabalhos devem ser "serenidade e equilíbrio". "São características de Paulo Azi e sei que seu bom senso vai ditar as atividades do Conselho de Ética", afirmou.

Hiran Gonçalves elogiou a gestão anterior que, segundo ele, enfrentou com muita serenidade e senso de justiça as demandas que foram encaminhadas. Ele disse que espera chegar ao fim de seu mandato com a mesma "seriedade e respeito a todos".

O deputado Juscelino Filho (DEM-MA) deixou o cargo destacando o período de intensas atividades dos últimos anos. "Enfrentamos número recorde de representações, infelizmente. A polarização das eleições chegou ao novo Congresso com ânimos exacerbados e, na medida do possível, tentamos dar fluxo e exercer essa presidência mantendo o diálogo e respeitando  nosso regimento", declarou.

Reportagem – Geórgia Moraes
Edição – Roberto Seabra

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.