Educação, cultura e esportes

Empresas poderão destinar parte do imposto de renda para competições de rali

Autor da proposta acredita que a medida pode trazer receita extra aos municípios, que podem usar os ralis para atrair turistas

27/01/2021 - 12:07  

Najara Araujo/Câmara dos Deputados
Deputado Efraim Filho discursa no Plenário da Câmara
Feraim Filho explica que deduções serão limitadas a 4% para empresas e 6% para pessoas físicas

O Projeto de Lei 5604/20 permite que as empresas e pessoas físicas deduzam do imposto de renda as doações e patrocínios direcionados às competições de rali de automóveis e motos. A proposta tramita na Câmara dos Deputados.

A dedução será limitada a 4% para as pessoas jurídicas e 6% para as físicas. O incentivo valerá apenas para as competições com projeto aprovado na Secretaria Especial do Esporte, ligada ao Ministério da Cidadania.

Autor da proposta, o deputado Efraim Filho (DEM-PB) afirma que a medida proporciona uma oportunidade de receita extra aos municípios brasileiros, que poderão utilizar as competições de rali para atrair turistas.

“O projeto também ajuda a divulgar a biodiversidade de nosso País através da realização dos eventos em diversas regiões, desde cenários de praias até o interior, de norte a sul, de leste a oeste”, completa Efraim Filho.

Saiba mais sobre a tramitação de projetos de lei

Reportagem – Janary Júnior
Edição - Natalia Doederlein

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.


Sua opinião sobre: PL 5604/2020

Íntegra da proposta