Meio ambiente e energia

Comissão externa analisa situação das queimadas no Pantanal

30/09/2020 - 09:05  

Divulgação/PT
Um grupo de deputados está reunido numa área próxima a queimadas no Pantanal ouvindo uma pessoa discursar
Deputados que foram ao Pantanal conversaram com fazendeiros, povos originários, quilombolas e donos de pousada

A comissão externa que acompanha o enfrentamento de queimadas no Brasil reúne-se às 9h30 para fazer uma análise da situação no Pantanal, onde o fogo já consumiu mais de 2 milhões de hectares.

Há dez dias uma comitiva de deputados visitou as localidades atingidas pelos incêndios florestais no Pantanal matogrossense. O grupo se reuniu com entidades, bombeiros e gestores em busca de soluções para a emergência ambiental.

Imagens e vídeos registrados pelos parlamentares e suas assessorias mostram um Pantanal devastado, com o céu encoberto pela fumaça, o chão seco, animais mortos ou gravemente feridos e ainda sobreviventes em busca da pouca água que restou em poças.

Depois da visita, os parlamentares apresentaram diversas propostas sobre a recuperação de terras queimadas.

Desde 2014, o Brasil tem um programa de manejo integrado de fogo (MIF) a cargo do Instituto Chico Mendes em 40 unidades de conservação e do Prev-Fogo do Ibama em 32 terras indígenas e quilombolas.

Debatedores
Foram convidados para discutir o assunto:
- o analista ambiental do Prevfogo/Mato Grosso do Sul Alexandre de Matos Martins Pereira. O Prevfogo é um sistema de prevenção e combate a incêndios florestais do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama);
- o coordenador-substituto do Programa de Queimadas do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), Alberto Setzer;
- a pesquisadora do Inpe Izabelly Carvalho da Costa;
- o professor do Instituto de Física da Universidade Federal de Mato Grosso José de Souza Nogueira;
- os representantes da Universidade do Estado do Mato Grosso Claumir César Muniz e Solange Ikeda Castrillon;
- o professor da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul Geraldo Alves Damasceno;
- o pesquisador da Embrapa Pantanal Walfrido Moraes Tomas; e
- o coordenador de Inteligência Territorial do Instituto Centro de Vida e Membro fundador do OBSERVA MT, Vinícius Silgueiro.

A comissão externa é coordenada pela deputada Professora Rosa Neide (PT-MT), que integrou a comitiva que visitou o Pantanal.

O debate será realizado por videoconferência e poderá ser acompanhado por meio do portal e-Democracia ou pelo canal da Câmara dos Deputados no YouTube.

 

 

 

Da Redação - ND

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.