Política e Administração Pública

Proposta anula inclusão de loteria em programa de privatização do governo

Para o autor, a privatização vai afetar as áreas sociais que hoje recebem parte das apostas nas loterias administradas pela Caixa Econômica Federal

03/09/2020 - 12:55  

Pablo Valadares/Câmara dos Deputados
Reunião Ordinária - Tema: Discussão e Votação de Propostas. Dep. José Guimarães (PT - CE)
José Guimarães:  "As loterias da Caixa são lucrativas, eficientes e garantem recursos para diversas áreas"

O Projeto de Decreto Legislativo (PDL) 375/20 anula decreto do Poder Executivo que incluiu no Programa Nacional de Desestatização (PND) uma modalidade de loteria esportiva chamada de apostas de quota fixa. A proposta tramita na Câmara dos Deputados.

Autor do projeto, o deputado José Guimarães (PT-CE) afirma que a privatização vai afetar as áreas sociais que hoje recebem parte das apostas nas loterias administradas pela Caixa Econômica Federal, como seguridade social e segurança pública. Em 2019, a Caixa repassou R$ 6,2 bilhões para programas sociais.

Com a privatização do serviço, afirma Guimarães, a arrecadação da loteria de quota fixa será da empresa privada que assumir o serviço. “Qual é sentido de entregar uma loteria para o setor privado? As loterias da Caixa são lucrativas, eficientes e garantem recursos para áreas de educação, esporte, cultura, o saneamento básico, educação”, disse o deputado.

A modalidade de loteria que será privatizada foi criada pela Lei 13.756/18, mas ainda não é explorado por falta de regulamentação. Ela consiste num sistema de apostas no resultado de eventos esportivos, como jogos de vôlei, basquete e futebol.

Saiba mais sobre a tramitação de projetos de decreto legislativo

Reportagem – Janary Júnior
Edição – Rachel Librelon

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.


Íntegra da proposta