Economia

Proposta determina ao SUS que priorize compra de alimentos de pequenos produtores

Conforme o projeto, o poder público apoiará a produção e a regularização sanitária dos gêneros alimentícios adquiridos

19/08/2020 - 10:58  

Cleia Viana/Câmara dos Deputados
Cerimônia Pelo Brasil e contra a Corrupção. Dep. Professora Dayane Pimentel (PSL - BA)
Dayene Pimentel: "Proposta pode contribuir para a melhoria da vida no campo"

O Projeto de Lei 3663/20 determina que as unidades do Sistema Único de Saúde (SUS), como postos e hospitais, deverão priorizar a compra direta de gêneros alimentícios produzidos por agricultores familiares, pescadores artesanais, silvicultores e extrativistas, observados preços compatíveis com os de mercado.

O texto, que tramita na Câmara dos Deputados é de autoria da deputada Professora Dayane Pimentel (PSL-BA) e altera a Lei Orgânica da Saúde. Pimentel afirma que a proposta “poderá contribuir sensivelmente para a melhoria das condições de vida no campo”.

“Se o sistema público de saúde priorizar pelo menos parte das suas compras de alimentos da agricultura familiar e da pesca artesanal, os benefícios econômicos e sociais dessa política poderão ser bastante ampliados, com retorno positivo para toda a sociedade”, disse.

Conforme o projeto, o poder público apoiará a produção e a regularização sanitária dos gêneros alimentícios adquiridos. Regulamentação posterior poderá estabelecer percentuais mínimos de aquisição dos produtos.

Saiba mais sobre a tramitação de projetos de lei

Reportagem – Janary Júnior
Edição – Rachel Librelon

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.


Íntegra da proposta