Educação, cultura e esportes

TV Câmara e ABL fazem parceria para exibição de programas culturais

24/06/2020 - 18:02  

A Câmara dos Deputados e a Academia Brasileira de Letras (ABL) formalizaram um acordo de cooperação técnica para exibição, na TV Câmara, de programas, vídeos e documentários produzidos pela Academia.

A iniciativa é um complemento do acordo original assinado em 2019 e tem como objetivo valorizar a cultura nacional e democratizar o acesso ao conhecimento e informações sobre a literatura brasileira e temas atuais.

Graças ao acordo, a TV Câmara já vem exibindo programas como o ABL em Casa, em que acadêmicos analisam o contexto atual do país e leem trechos de livros. A programação conta ainda com palestras de uma hora de duração de personalidades da cultura nacional como a atriz Fernanda Montenegro e intelectuais de diversas áreas.

A parceria entre a Câmara e a Academia já contempla a publicação de clássicos da literatura brasileira pela editora da Casa, a Edições Câmara. Os livros são distribuídos e enviados gratuitamente para comunidades vulneráveis, bibliotecas prisionais, aldeias indígenas, comunidades quilombolas e abrigos de todo o país.

O acordo foi assinado pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ); pela secretária de Comunicação da Casa, deputada Joice Hasselmann (PSL-SP); pelo deputado Enrico Misasi (PV-SP), coordenador da Comissão Especial do Bicentenário da Independência; e pelo presidente da Academia Brasileira de Letras, Marco Lucchesi.

“Temos que comemorar que a parceria já existente com a Edições Câmara se estenda agora à TV Câmara. A Câmara e ABL são instituições que se dedicam ao Brasil por intermédio da palavra. E a política é a vitória da palavra sobre a força”, disse Enrico Misasi.

“Essa é uma parceria da qual me orgulho de fazer parte, neste momento, para disseminar a cultura nacional e promover ações de valorização da leitura. A TV Câmara tem um papel muito importante na valorização da nossa cultura nacional, da nossa leitura, do nosso livro, da nossa poesia, prosa, verso”, disse Joice Hasselmann.

A diretora da TV Câmara, Alessandra Anselmo, destacou a importância da iniciativa. “Especialmente nesse momento tão difícil pelo qual o País está passando, é um alento poder mostrar aos nossos espectadores um pouco de literatura e de reflexão sobre a arte, a cultura e o seu papel, inclusive como apoio e suporte fundamentais neste momento de dificuldades”, disse.

O diretor-geral da Câmara, Sérgio Sampaio, foi na mesma linha. “Nos honra muito, em um momento de carência em termos culturais, a Câmara poder empregar um dos seus veículos mais importantes, a TV Câmara, para valorizar a cultura nacional”, disse.

Para o presidente da Academia Brasileira de Letras, Marco Lucchesi, a parceria consolida o papel republicano de duas instituições dedicadas ao diálogo e à democracia em um momento de crise. “O horizonte da pandemia acabou criando novas formas de sociabilidade, como essa, que diminui as distâncias com a participação de instituições que não abdicam do diálogo”, disse.

A cerimônia virtual de assinatura do acordo contou ainda com a participação do acadêmico Arno Wehling, escritor e historiador, que destacou o caráter institucional da iniciativa. “É importante recordar que a Câmara e a academia são instituições que duram além do presente e passam por governos e escolas literárias”, disse.

Reportagem - Antonio Vital
Edição - Geórgia Moraes

  • Áudio da matéria

    Ouça esta matéria na Rádio Câmara

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.