Direitos Humanos

Tadeu disse que ofensa a policiais motivou retirada de placa

19/11/2019 - 20:16  

O deputado Coronel Tadeu afirmou que considerou ofensiva aos policiais a parte da exposição que retirou do corredor da Câmara dos Deputados. O painel tratava do genocídio negro e exibia uma charge do artista Carlos Henrique Latuff de Sousa, parte de uma exposição para marcar o Dia da Consciência Negra.

"Talvez não tivesse sido, naquele momento, a melhor forma de se tratar aquela agressão, mas eu retirei [a placa], em nome de 600 mil profissionais de segurança porque aquilo sim era uma ofensa aos policiais", disse.

"Naquele momento, me veio simplesmente o ato de retirar aquele cartaz e continuar a bater palma pelo Dia da Consciência Negra. Espero que os senhores até reflitam sobre a minha atitude, mas principalmente coloquem acima a minha posição", completou. Ele estava acompanhado, na tribuna, de outros deputados que fizeram parte de corporações policiais.

A atitude foi criticada pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia, e por parlamentares da oposição. A líder da Minoria, Jandira Feghali, disse que iria representar o parlamentar no Conselho de Ética e Decoro Parlamentar por racismo. Deputados ligados à segurança pública, no entanto, defenderam a atitude de Coronel Tadeu. O tema dominou os pronunciamentos de Plenário nesta terça-feira (19).

Mais informações a seguir.

 

 

Reportagem - Carol Siqueira
Edição - Geórgia Moraes

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.