Educação, cultura e esportes

Comissão aprova desinfecção periódica de parquinhos e quadras esportivas

04/09/2019 - 14:38  

César Brustolin/Prefeitura de Curitiba
O projeto determina a descontaminação para prevenção e combate de bactérias e parasitas

A Comissão de Desenvolvimento Urbano aprovou nesta quarta-feira (4) projeto que obriga a higienização periódica das áreas de prática desportiva e de recreação infantil que utilizam materiais como areia e argila, como quadras e parquinhos.

Trata-se do Projeto de Lei 11039/18, apresentado pelo deputado Carlos Henrique Gaguim (DEM-TO) e relatado pelo deputado Ricardo Pericar (PSL-RJ).

A medida alcança espaços públicos e privados, que devem receber assepsia e descontaminação para prevenção e combate de bactérias e parasitas em geral.

Substitutivo
Pericar apresentou um substitutivo para incluir a higienização das áreas de prática esportiva, não prevista o texto original. Além disso, a versão aprovada remete a regulamentação da matéria para o Poder Executivo responsável pelas áreas (União, estados, Distrito Federal e municípios). Assim, questões como tempo ideal de desinfecção e produtos a serem usados no tratamento deverão ser definidas em decretos.

O relator destacou a importância do projeto. Ele disse que são comuns os casos de contaminação de atletas que praticam em areia e de crianças que brincam em parquinhos. Entre as enfermidades que podem ser transmitidas está a criptococose, uma doença infecciosa letal transmitida por fungos presentes nas fezes dos pombos.

“A areia contaminada pode trazer riscos graves à saúde. São pombos, gatos e outros animais que podem contribuir para essa contaminação. As escolas afetadas registraram casos de alergia, infecção e até contaminação visual por bactérias”, disse Pericar.

Tramitação
A proposta será analisada agora, em caráter conclusivo, pelas comissões de Seguridade Social e Família; e Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ).

Reportagem – Janary Júnior
Edição – Roberto Seabra

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.


Íntegra da proposta