Política e Administração Pública

Aprovada proposta que cria laboratório de inovação do Ministério Público

02/09/2019 - 17:13  

A Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público aprovou projeto da Procuradoria-Geral da República (PGR) que institui o Laboratório de Inovação, Inteligência e Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (Liods) no Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP).

O PL 11214/18 recebeu parecer favorável do relator, deputado Orlando Silva (PCdoB-SP). Ele apresentou um substitutivo com mudanças pontuais, sem afetar o teor da proposta da PGR, que preside o CNMP, o órgão de controle dos Ministérios Públicos da União e dos estados.

Michel Jesus/ Câmara dos Deputados
Orlando Silva, relator, optou por manter o teor da proposta da Procuradoria-Geral da República

O Liods terá por objetivo identificar e divulgar, no Portal de Transparência do CNMP, o resultado da atuação institucional, judicial e extrajudicial, do Ministério Público. Além disso, deverá elaborar e implementar um plano de ação com soluções conjuntas e pacíficas de melhoria da gestão pública, visando prevenir o ajuizamento excessivo de demandas judiciais e outras agendas de interesse mundial.

A PGR afirma que a nova estrutura faz parte das iniciativas desenvolvidas pelo Ministério Público alinhadas aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), em especial o que trata de Paz, Justiça e Instituições Eficazes. Os ODS são uma agenda mundial, formada por 17 objetivos e coordenada pelas Nações Unidas. A agenda é voltada para a redução da pobreza, melhoria da qualidade de vida da população mundial e proteção ao meio ambiente.

Cargos
O projeto aprovado pela comissão cria no quadro de pessoal do CNMP um cargo em comissão de nível CC-5, que será ocupado pelo diretor-executivo do laboratório; e quatro funções comissionadas de nível FC-3. A Secretaria de Planejamento Orçamentário do órgão informou que há disponibilidade orçamentária para os novos cargos.

Tramitação
O projeto, que tramita em caráter conclusivo, será analisado agora pelas comissões de Finanças e Tributação; e Constituição e Justiça e de Cidadania.

Reportagem - Janary Júnior
Edição - Geórgia Moraes

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.


Íntegra da proposta