Política e Administração Pública

Projeto aumenta em 16% subsídio do procurador-geral da República

20/12/2015 - 18:02  

A Câmara dos Deputados analisa o Projeto de Lei 2647/15, da Procuradoria-Geral da República (PGR), que estabelece o valor do subsídio mensal do procurador-geral da República em R$ 39.293,38 a partir de janeiro de 2016, um aumento de 16,38%. Atualmente, o subsídio do chefe do Ministério Público da União (MPU) é de R$ 33.763.

Pelo texto, as despesas correrão à conta do orçamento do órgão.

De acordo com o atual procurador-geral, Rodrigo Janot, a proposta busca compensar as perdas sofridas em razão da inflação entre 2009 e 2015. Janot informou que o impacto da medida será de R$ 258,6 milhões no âmbito do MPU.

Tramitação
O projeto, que tramita em caráter conclusivo, será analisado pelas comissões de Trabalho, de Administração e Serviço Público; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Reportagem – Luiz Gustavo Xavier
Edição – Marcelo Oliveira

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.


Sua opinião sobre: undefined undefined/undefined

Íntegra da proposta