Agropecuária

Comissões debatem rastreabilidade na cadeia produtiva brasileira

11/12/2013 - 09:26  

As comissões de Seguridade Social e Família; de Agricultura, Pecuária e Abastecimento e Desenvolvimento Rural; e de Defesa do Consumidor; promovem audiência conjunta hoje para debater os mecanismos utilizados para rastrear a cadeia produtiva brasileira, visando à segurança do consumidor.

Para o deputado Darcísio Perondi (PMDB-RS), um dos deputados que propôs a audiência, os mecanismos de rastreabilidade são importantes ferramentas de controle da produção e da origem do produto. “Sua implementação é importante para garantir a segurança do consumidor”,

Vida pregressa dos produtos
Segundo o Ministério da Agricultura, rastreabilidade representa a possibilidade de o consumidor conhecer “a vida pregressa” dos produtos e identificar os possíveis perigos à saúde coletiva a que foram expostos durante a sua produção e distribuição. Esses registros permitem identificar até mesmo a origem das matérias-primas e insumos utilizados na produção.

A avaliação técnica dos registros pode, em muitos casos, levar à aplicação de medidas preventivas, como o recolhimento da produção exposta à venda, antes que cause algum impacto à saúde pública.

Atualmente já existem programas de rastreabilidade da carne bovina e de medicamentos. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) iniciou a discussão da rastreabilidade dos alimentos in natura.

Convidados
Foram convidados para a audiência:
- o secretário de Desenvolvimento Agropecuário e Cooperativismo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Caio Tibério Dornelles Rocha;
- a presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), senadora Kátia Abreu;
- a assessora da presidência e coordenadora de grupos de trabalho sobre rastreabilidade na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Ana Paula Teles;
- o diretor econômico da Associação da Indústria Farmacêutica de Pesquisa (Interfarma), Marcelo Liebhardt; e
- a representante da Associação Brasileira de Automação – GS1, Flávia Ponte B. Serrão da Costa.

A audiência será realizada às 14h30, no Plenário 6.

Da Redação – RCA
Colaboração – Caroline Pompeu

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.


Sua opinião sobre: PL 708/2007

Íntegra da proposta