Cidades e transportes

Transportes aprova adoção de sinal amarelo intermitente na madrugada

11/04/2013 - 18:44  

Arquivo/ Diogo Xavier
Edinho Araújo
Edinho Araújo: medida evita que condutores e passageiros fiquem expostos à ação de criminosos.

A Comissão de Viação e Transportes aprovou o Projeto de Lei 4380/12, pelo qual os semáforos devem funcionar em sistema de alerta, com luz amarela piscante, entre meia-noite e 5 horas. Cruzamentos de vias cujo tráfego justifique o funcionamento padrão ficam fora da medida, proposta pelo deputado Ângelo Agnolin (PDT-TO).

Na opinião do relator, deputado Edinho Araújo (PMDB-SP), essa alteração no funcionamento do trânsito evita que condutores e passageiros fiquem expostos à ação de criminosos, enquanto os veículos estiverem parados no semáforo, ao mesmo tempo em que resguarda a segurança. “É comprovado que a luz amarela intermitente chama a atenção dos condutores que, assim, se aproximam do cruzamento com maior atenção”, justifica.

Regulação
Tanto o autor do texto quanto o relator argumentam que hoje, nas grandes cidades, muitos motoristas já avançam o sinal vermelho por medo da violência. E, com isso, o risco de acidentes aumenta.

Ainda conforme a proposta, a autoridade de trânsito local poderá estabelecer outros horários para o início e término do sinal amarelo piscante, conforme a característica do local. Para garantir o correto funcionamento da sinalização, o texto determina a colocação do sinal “Dê a preferência” na via secundária dos cruzamentos.

Tramitação
O projeto segue para análise conclusiva da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Reportagem - Maria Neves
Edição – Rachel Librelon

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.


Sua opinião sobre: PL 4380/2012

Íntegra da proposta