Política e Administração Pública

Comissão investigará irregularidades em portos de Paranaguá e Antonina

08/11/2012 - 17:55  

Arquivo/ Leonardo Prado
Rubens Bueno
Rubens Bueno propôs fiscalização em autarquia que administra portos.

A Comissão de Fiscalização Financeira e Controle vai apurar eventuais irregularidades na gestão da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa), ambos no Paraná. A Appa é uma autarquia pública, vinculada ao governo paranaense.

A proposta de fiscalização (PFC 56/11) foi apresentada pelo deputado Rubens Bueno (PPS-PR) e aprovada na quarta-feira (7) pela comissão. Entre as irregularidades apontadas pelo autor estão: desvio de mercadorias, ineficiência operacional, fraudes em licitações, tráfico de influência, desvio de dinheiro público e pagamento de propinas.

Plano de execução
O relator da proposta, deputado Vanderlei Macris (PSDB-SP), apresentou relatório prévio com plano de investigação.

Segundo o relator, a fiscalização será realizada pelo Tribunal de Contas da União (TCU), que deverá informar a comissão sobre as principais irregularidades encontradas nas auditorias e inspeções na Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina.

Também caberá ao TCU avaliar a necessidade de instaurar novo procedimento de fiscalização para apurar os fatos descritos na PFC, relacionados à competência do tribunal.

Reportagem – Oscar Telles
Edição – Pierre Triboli

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.


Íntegra da proposta