Cidades e transportes

Projeto obriga condutor a assinar autorização prévia para teste de bafômetro

05/03/2012 - 16:12  

Gustavo Lima
Jonas Donizette
Jonas Donizette quer impedir impunidade de motoristas embriagados.

Uma proposta em tramitação na Câmara condiciona a emissão da carteira de motorista à concordância prévia do condutor em se submeter, sempre que solicitado, a testes ou exames para identificar a presença de álcool ou outras substâncias psicoativas em seu organismo.

Pela proposta – o Projeto de Lei 3194/12, do deputado Jonas Donizette (PSB-SP) –, o condutor fica obrigado a assinar o termo de autorização prévia tanto na emissão da primeira habilitação quanto nas renovações.

Segundo o autor, o aumento do número de acidentes causados por pessoas que dirigem sob efeito de álcool ou drogas demanda ações mais eficazes de punição. “Eles aleijam, matam, dilaceram pessoas e famílias, porque beberam álcool ou ingeriram drogas que os fazem perder o reflexo e a lucidez necessários para dirigir”, argumenta Donizette.

De acordo com o autor, a medida pretende impedir a impunidade de motoristas visivelmente bêbados ou drogados que se negam a fazer teste de bafômetro ou exame de sangue.

Tramitação
O projeto ainda será distribuído às comissões técnicas da Câmara.

Reportagem – Murilo Souza
Edição – Daniella Cronemberger

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.


Sua opinião sobre: PL 3194/2012

Íntegra da proposta