Política e Administração Pública

Vaccarezza convidará recém-criado PSD para a base de apoio ao governo

29/09/2011 - 13:42  

Arquivo/ Beto Oliveira
Cândido Vaccarezza
Vaccarezza vai convidar líder do PSD para reuniões da base governista.

O líder do governo na Câmara, deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP), afirmou nesta quinta-feira que convidará o PSD formalmente para fazer parte da base de apoio ao governo. Vaccarezza disse que já iniciou as conversas sobre o assunto com o deputado Guilherme Campos (DEM-SP), que é apontado como futuro líder do PSD na Câmara.

“Minha expectativa é que eles façam parte da base de apoio ao governo, porque a maioria dos deputados votou conosco nas questões propostas pelo governo até o momento”, afirmou Vaccarezza.

O partido obteve seu registro na terça-feira (27), após decisão do Tribunal Superior Eleitoral. Idealizado pelo prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, também saído do DEM, o Partido Social Democrático pode contar com até 50 deputados na Câmara, e já se declarou de centro e independente nas votações.

Mesmo que o partido não queira fazer parte formalmente da base aliada, Vaccarezza disse que convidará seu futuro líder para participar das reuniões de líderes dos partidos aliados, que ocorre às terças-feiras.

Votações
Vaccarezza atribuiu a um acordo a falta de votações em Plenário nesta semana. Segundo ele, a oposição pediu tempo para analisar a MP 539/11, que contém medidas para dificultar a ação de especuladores com o dólar. “Votamos muito na última semana, e é melhor que agora analisemos bem o que será votado até o fim do ano”, disse.

Segundo ele, o adiamento das MPs nesta semana foi feito de comum acordo com o governo, para que o presidente da Câmara, Marco Maia, possa fazer um acordo mais amplo e negociar votações até dezembro. Entre as prioridades do governo, Vaccarezza citou o projeto que cria a Secretaria da Micro e Pequena Empresa, com status de ministério (PL 865/11), e a reestruturação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica - Cade (PL 3937/04).

Reportagem – Marcello Larcher
Edição - Wilson Silveira

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.