Educação, cultura e esportes

Projeto isenta transporte escolar de taxas de fiscalização

22/08/2011 - 15:58  

A Câmara analisa o Projeto de Lei 1443/11, da deputada Bruna Furlan (PSDB-SP), que isenta os veículos de transporte escolar do pagamento de taxas de fiscalização dos equipamentos obrigatórios e de segurança.

O Código de Trânsito Brasileiro (Lei 9.503/97) obriga a realização dessa inspeção a cada seis meses, mas o projeto prevê a extensão da isenção a qualquer outra taxa que for instituída pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran). A lei deverá entrar em vigor, se for o caso, 30 dias depois de promulgada.

Alto custo
Segundo a deputada, o custo dessas inspeções costuma inviabilizar o serviço de transporte escolar, que “normalmente” é oferecido por microempresários.

Ela acredita que medidas de incentivo a esse setor são necessárias também para melhorar o trânsito nas cidades, uma vez que cada veículo desse tipo “substitui mais de uma dezena de veículos particulares, que estariam circulando caso os pais tivessem que levar pessoalmente seus filhos à escola”.

Tramitação
O projeto terá análise conclusiva das comissões de Viação e Transportes; de Finanças e Tributação (mérito); e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Reportagem – Rodrigo Bittar
Edição – Newton Araújo

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.


Íntegra da proposta