Saúde

Psicólogo poderá ter piso nacional de R$ 4.650

14/10/2009 - 23:03  

O Projeto de Lei 5440/09, do deputado Mauro Nazif (PSB-RO), em tramitação na Câmara, institui o piso nacional para os psicólogos, no valor de R$ 4.650. A proposta acrescenta dispositivo à Lei 5.766/71, que criou o conselho federal da categoria.

A proposta contém uma fórmula de reajuste salarial para o piso. Logo após a sanção do texto, haverá um aumento com base na inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), acumulada entre fevereiro de 2009 e o mês anterior ao início de vigência da lei. A partir daí, os reajustes serão anuais, também pela variação do INPC, calculada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Carga horária elevada
Para o deputado Nazif, a fixação de piso salarial por lei dará melhores condições de trabalho aos psicólogos, "que hoje sofrem com uma carga horária elevada para compensar os baixos salários".

"A medida se justifica também como fator de valorização desse profissional, que, após anos de estudo de graduação e especialização, ainda necessita estar constantemente se atualizando", disse Nazif. O deputado é autor dos projetos que também estabelecem pisos para os enfermeiros (PL 4924/09) e fonoaudiólogos (PL 5394/09).

Tramitação
O projeto tramita em caráter conclusivo nas comissões de Seguridade Social e Família; de Trabalho, de Administração e Serviço Público; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Notícias relacionadas:
Câmara aprova jornada de psicólogos por negociação coletiva
Projeto torna obrigatório serviço psicológico em creches e asilos

Reportagem - Janary Júnior
Edição - Newton Araújo

(Reprodução autorizada desde que contenha a assinatura `Agência Câmara`)

Agência Câmara
Tel. (61) 3216.1851/3216.1852
Fax. (61) 3216.1856
E-mail:agencia@camara.gov.br

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.


Íntegra da proposta