Agropecuária

CCJ rejeita proposta de prazo para certificar imóvel rural

16/06/2009 - 09:57  

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania rejeitou o Projeto de Lei 3611/08, do deputado Homero Pereira (PR-MT), que fixa prazo de 90 dias para o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) certificar a regularidade da documentação apresentada pelo proprietário e a ausência de sobreposição de imóveis, e de 30 dias para o fornecimento do certificado correspondente. O projeto foi considerado inconstitucional e deverá ser arquivado.

De acordo com o relator, deputado Luiz Couto (PT-PB), a matéria é de competência legislativa da União, porque se trata de autarquia sua. O deputado disse que a aprovação do projeto ofenderia ao princípio da separação dos poderes, previsto na Constituição. "Não cabe ao Poder Legislativo, em projeto de sua iniciativa, fixar prazo para que órgão de outro Poder realize determinada tarefa", explicou.

A CCJ rejeitou o projeto no último dia 28. Anteriormente, a proposta havia sido aprovada pela Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural.

Notícias relacionadas:
Projeto regulariza desistência de contratos de arrendamentos rurais
Projeto extingue juros em desapropriação de latifúndio improdutivo

Reportagem - Vania Alves
Edição - Pierre Triboli

(Reprodução autorizada desde que contenha a assinatura `Agência Câmara`)

Agência Câmara
Tel. (61) 3216.1851/3216.1852
Fax. (61) 3216.1856
E-mail:agencia@camara.gov.br

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.


Íntegra da proposta